De uma forma ou outra, 53%!


Mais uma enquete finalizada! E de acordo com o resultado, mais de 50% aprova o formato de corrida da CAAR, 34% não aprovam e 12% acham regular.


A enquete só veio confirmar que o nosso formato tem obtido sucesso e nestes tempos de crise vai provar que é o melhor formato se analisado custo/benefício.

Continuem votando em nossas enquetes!


Fim inesquecível!

Finalmente, Campeonato Curitibano chegou ao fim depois de etapa decidida apenas com tomada de tempo, etapa com pista lisa, etapas perfeitas... e assim foi.

Para não mudar muito, a 9ª etapa também foi bem emocionante com pista lisa de manhã, úmida e minutos depois chegando a ficar seca mas logo após o heat 4 uma chuva que parecia que ACABOU veio atrapalhar mas secaram a pista e fizemos o heat 5.

Foi tudo muito esquisito... com a chuva pilotos foram embora e perderam o heat 5 mas nada tirou o brilho da última etapa de mais um campeonato de elétrico. De 2011 até hoje, já fizemos 5 campeonatos de uma categoria que havia morrida e de acordo com alguns, nunca mais voltaria.


5 anos de sucesso e grid cada vez melhor. Este grid com 11 pilotos foi o pior do ano mas era esperando pois sendo a última etapa e com previsão de tempo a pior possível muita gente não foi correr.


Na Super Stock a tabela não mudou muito e teve a confirmação de Willian Capitelli como Campeão Curitibano 2015 e na Clássicos, Otávio Langowski levou o caneco de Campeão mais uma vez.

Resultado da Super Stock, deu apenas XRAY nas 3 primeiras posições:

1º Willian Capitelli
2º Lucas Baruffi - TQ
3º Flavio Salinet



Resultado da Clássicos

1º Otávio Langowski
2º Chico Lima
3º Julio Bernardinetti


Agora, corrida de elétrico este ano só em 2016 com o Campeonato Curitibano 2016 que já tem seu regulamento e datas divulgados.

Fotos: Chico Lima e Familia Baruffi

Americana, suiço e 2 brasileiros!

Para o Brasil foi um Campeonato Mundial histórico. Todos nós nos perguntávamos: "Quando teremos um brasileiro em uma final de mundial?"

Bom, no mundial que foi realizado em Americana neste fim de semana tivemos não só 1 mas 2 pilotos na final.

Flávio Elias já era esperado, não foi uma surpresa mas Henrique Winik podemos dizer que foi o destaque. Henrique andou muito bem, conseguiu mostrar serviço e ficar na frente de pilotos TOPs indo para a final classificando-se em 6º lugar.

Na final Henrique teve problemas e terminou em 8º mas ir para a final já foi uma grande conquista. Flávio Elias, testou o coração de todos na final pois chegou a andar em 3º porém o ritmo dos ponteiros era impressionante deixando Flávio em 4º o que é um excelente resultado.

A emoção mesmo foi a disputa entre Shimmo e Simon pela liderança para se ter uma idéia de como foi, após 1 hora de corrida Shimmo chegou apenas 0.2 segundos atrás de Simon.

Foi com certeza um dos melhores Campeonatos e o que pessoalmente podemos destacar foi Lamberto Collari pela primeira vez fora de uma Final de mundial. O italiano colocou uma cadeira em cima da mesa dos boxes e ficou assistindo a final com cara de criança que não ganhou sorvete.

Vamos ver a final na integra para tentar captar um pouco do que foi a emoção assistindo lá em Americana.


Video: Youtube de Fred Tranquilin

Em bom LATIN, "Disputamus"!

Animação do China, depois de 15 anos parado!
Neste fim de semana foi realizada a 8ª etapa do Campeonato Curitibano das categorias Clássicos e da Super Stock. A previsão do tempo não era muito favorável mas desta vez, São Pedro queria ver corrida e assim conseguimos realizar a tomada de tempo e 5 dos 6 heats.

Na Clássicos tivemos uma dominação das bolhas BEL AIR e um retorno triunfante do piloto Júlio que estava afastado da categoria mas correu nesta etapa e venceu.

No campeonato a coisa está bem disputada, o
1º e 2º lugares estão empatados e agora será decidido tudo na última etapa. Quem chegar na frente leva o Campeonato da Clássicos.


Clássicos, esta categoria vem sendo a cada etapa muito bem disputada e seu nível só cresce. Os pilotos estão a cada etapa melhores e mais constantes. Está sendo muito bom assistir a corrida desta categoria.

Já na categoria Super Stock, acreditamos que o Campeão já está definido e o que ficou agora é a disputada pelo Vice-Campeonato. Neste fim de semana vimos algo que a há muito tempo era esperado. O jovem Lucas Baruffi fez barba, cabelo e bigode. Até o 4º heat a disputa estava assim: 1º Willian Capitelli, 2º Lucas Baruffi, 3º Lincoln Almeida e 4º Flávio Salinet mas, no 5º e último heat Willian Capitelli usou uma bateria diferente e esqueceu de verificar o peso do carro o que resultou na sua desclassificação por 2 gramas.

Então, deste jeito Willian caiu para 4º lugar e Lucas fez pole, melhor volta e ganhou a etapa!

A competição continua na 9ª etapa com a disputa do Vice e com a confirmação o Campeão e todas as outras colocações.


Destaques desta etapa:

Tivemos o retorno do China que não corria a 15 anos e nesta etapa resolveu testar como estão suas habilidades. China, continua treinando pois falta apenas ser constante. Mas o importante é que o piloto se animou e vai continuar a mexer e treinar.

E, neste domingo durante e etapa, foi realizada a eleição do quadro diretor da CAAR que estava entre a atual diretoria e a Chapa de André Franchi.

André foi eleito o novo presidente da CAAR para 2016. A nova diretoria é:

André Franchi - Presidente
Júlio Bernardinetti - Vice-presidente
Sandro Colasso - Tesoureiro

Todos os sócios desejam sucesso à nova diretoria e que continuem o bom trabalho que todas as diretorias anteriores fizeram sempre melhorando a cada decisão.

Nos vemos na 9ª e última etapa em 29 de novembro na CAAR!

Fotos: Chico Lima

O fim no começo!

No final de semana foi realizada na CAAR a 7ª etapa das categorias Clássicos e Super Stock, bom, realizado é um pouco forte para ser verdade.

A chuva atrapalhou os treinos de sábado e no domingo só deu tempo para dar umas voltas na pista e realizar as tomadas de tempo e foi isso, a pista um pouco úmida e com possibilidades de secar. 

Abriu um sol leve, pista lisa e foi o suficiente para realizar uma tomada de tempo para definir o resultado da etapa.

A corrida terminou no começo já, com 6 inscritos na Clássicos e 7
inscritos na Super Stock tivemos um grid fraco e um corrida sem emoção. Agora é torcer para a chuva dar uma trégua e podermos realizar a 8ª e 9ª etapas com tempo bom.


Esperamos que nas próximas etapas todos os pilotos apareçam e que o nosso box e grid seja ainda melhores e mais disputados.




Na clássicos tivemos o seguinte resultado:
E na Super Stock deu:













Vamos que vamos, dia 25 de outubro teremos a 8ª etapa no circuito velho da CAAR. Todos estão convidados.

Fotos: Chico Lima

Tempo quente, disputas fervendo!

Mais uma etapa realizada e com um tempo quente, 32º nos boxes da CAAR e na pista a chapa esquentou mais ainda. Todos os pilotos andaram bem próximo, corrida disputada e com poucas punições.

Na tomada de tempo, Lucas Baruffi mais uma vez levou a pole mas durante a corrida teve problemas e acabou sendo prejudicado. Box cheio e o destaque principal foi a categorias clássicos.

Pela primeira vez no ano tivemos 2 grupos da clássicos pois tivemos 13 inscritos na categoria... quem
pensava que essa categoria havia morrido se enganou.

Na Super Stock a cada heat a liderança da etapa era uma novidade. Muitas disputas e sucesso total na etapa. 

Contando com a Super Stock e a Clássicos, tivemos 27 pilotos inscritos (28 carros somando as duas pois Otávio Langowski corre na duas categorias).

Otávio Langowski foi o piloto que mais correu no fim de semana... foram 6 heats em cada categoria o que nos dá apenas 84 minutos de corrida para o piloto. 

Era sair de uma e já ir correr na outra, foi um verdadeiro teste ergométrico para o piloto.

E após os 6 heats de cada categoria tivemos o seguinte resultado:

Na categoria Super Stock


Na categoria Clássicos deu o seguinte:


Agora, faltam 3 etapas para termos o resultado final de cada categoria e a próxima etapa será dia 27 de setembro no circuito novo da CAAR.

Nos vemos lá!

Fotos: Chico Lima

Revolução ou evolução!

E a evolução não para, desta vez chegou mais rápido para o hobbysta. Se tudo funcionar bem, deve chegar em breve para o lado CLUB RACER e quem sabe para os pilotos TOP em mundiais e eventos mais importantes.


É algo revolucionário e com certeza vai baixar os custos dos carros elétricos ainda mais. Se for o marco zero desta tecnologia com certeza outras parecidas irão surgir.

Fonte: TEAM ORION



Corrida no gelo!

No final de semana passado foi realizada na CAAR a 5ª etapa do Campeonato Curitibano de Super Stock e Clássicos. O destaque desta etapa foi, não foi nenhum piloto em especial, foi o frio. Enquanto nos aplicativos de previsão de tempo dizia 9º a sensação era muito pior.

A CAAR fica rodeada de mata, o que no verão é excelente e lindo, mas no inverno a temperatura nos boxes da pista ficam ainda mais baixas. Porém, a disputa na pista estava o oposto, clima quente em busca da volta mais rápida e da vitória.

Esta etapa contou com a presença do piloto Vitor Ohta que deixou a aposentadoria para participar desta etapa com um carro emprestado do piloto Willian Capitelli.
Não foi o maior grid mas, com aquele frio foi o suficiente!

A disputa da etapa estava entre Ohta e Lucas Baruffi até o carro do Lucas ficar em um heat com 1 grama abaixo do peso limite o que levou a desclassificação do piloto. Ser desclassificado em um heat é perder a etapa toda.

Lucas batalhou pela melhor volta mas Vitor Ohta levou o troféu de 1º e melhor volta, restou a Lucas o ponto da pole.

Na clássicos o jovem Leonardo Assunção ganhou mais uma etapa mostrando que está afiado para participar do brasileiro que será realizado no fim deste mês em Santo André.

Bel Air do André Woller
Tivemos muita disputa entre Leonardo, Chico Lima e Otávio... esta com certeza é a categoria de entrada na CAAR e com os carros mais bonitos. Ver alguns dos clássicos andando é voltar ao passado. Nesta etapa o que se destacou foi o domínio da bolha do Chevrolet Bel Air, parece que este está se mostrando um excelente carro para correr além de muito bonito.

A bolha mais fiel pois até a cor lembrava um clássico, era a bolha do carro do garoto André Woller, filho do nosso amigo Miguel Woller.

O resultado da categoria Clássicos nesta etapa foi:

1º Leonardo Assunção
2º Otávio Langowiski
3º Chico Lima

O resultado geral e todas as informações da etapa e do campeonato poderão ser vistas na tabela do Campeonato que vai ao ar em breve e poderá ser acessada através do link na coluna da direita. Volte em breve e faça o download da tabela completa.

Na Super Stock tivemos o seguinte resultado:

1º Vitor Ohta
2º Lincoln Almeida
3º Adriano Ferro

A tabela da Super Stock também irá ao ar em breve. Continuem visitando e façam o download da tabela para fazer suas análises e projeções do campeonato.

A próxima etapa será no fim de agosto mas, a próxima grande corrida será realizada nos dias 25 e 26 de julho em Santo André na pista da AARC do ABC. O Campeonato Brasileiro 2015 de Clássicos, Formula 1, 1/10 Blink e a mais veloz, 1/10 Modified. Teremos pilotos de Curitiba representando a CAAR na Clássicos, Blink e Modified.

Nós vemos no fim de agosto na CAAR e aguardem por resultados do brasileiro.

Fotos: Chico Lima

Faltam 5 e contando!

A previsão do tempo não era favorável mas tanto no sábado quanto no domingo o tempo ajudou e muito a realização da 4ª etapa do Campeonato Curitibano da Super Stock e Clássicos.

Foram realizados 6 heats de cada categoria e após as disputas os resultados foram os seguinte:

Na Super Stock:

1º - Willian Capitelli
2º - Lincoln Almeida
3º - Flávio Salinet 

O destaque da Super Stock podemos dizer que foi a pole do André Franchi, o piloto fez a pole passando capotado pela antena de cronometragem. Parabéns André!

Também tivemos boas performances do piloto Lucas Baruffi como sempre e de Adriano Ferro e Rodrigo Stella.

Na Clássicos, o pódio trouxe surpresas para todos nós. Tivemos 11 pilotos inscritos e sendo assim correram todos juntos o que resultou em um pouco mais de acidentes.

Tivemos na Clássicos o seguinte resultado:

1º - Chico Lima
2º - Marco Mello
3º - Crys Borges.

Aproveitamos o espaço para parabenizar a atual diretoria. A CAAR está muito bonita e a pista com uma excelente qualidade. Pilotos que estavam um pouco afastados quando chegaram nos boxes eram só elogios "Como está bonito isso aqui", etc.


Parabéns Crys.

Nesta etapa também tivemos uma curiosidade com cara de grande susto. A previsão era chuva, que não veio, mas o vento estava bem presente. Ventava forte e no intervalo de um heat para outro caiu uma árvore em cima da cadeira que minutos antes era ocupada por um recolocador.

Grande susto! Em 19 anos de CAAR foi a primeira vez que acontece isso e esperamos que seja a última.

Fiquem ligados, em breve teremos as tabelas dos Campeonatos atualizadas para todos poderem ver e analisarem suas performances.

Agora, que venha a 5ª etapa do Campeonato e com muita disputa e fair play dos pilotos.

Fotos: Chico Lima